Reprodução
Reprodução

Deputado bolsonarista agride petista durante discussão sobre maconha medicinal; veja vídeo

Em reunião de comissão na Câmara, Diego Garcia (Podemos) parte para cima de Paulo Teixeira (PT) e empurra parlamentar da oposição

Sofia Aguiar, O Estado de S.Paulo

18 de maio de 2021 | 16h13

O deputado bolsonarista Diego Garcia (Podemos-PR) agrediu o colega Paulo Teixeira (PT-SP), nesta terça-feira, 18, durante uma reunião da comissão especial que debatia o uso medicinal de cannabis.

Ao ter um requerimento negado por Teixeira, que é presidente da comissão, Garcia foi em direção do petista, puxou o seu computador, deu um tapa no peito do colega e o empurrou. 

O bolsonarista havia defendido o adiamento da discussão na comissão.

Parlamentares tiveram de intervir para que a reunião pudesse ser retomada. “Esse deputado chegou aqui na frente e me deu um murro no peito”, afirmou Teixeira. Garcia então gritou, negando a agressão. “Você me empurrou”, insistiu o petista, dizendo que iria pedir a gravação da reunião. “Não teve violência”, respondeu o deputado do Podemos.

O primeiro-vice-presidente da Câmara, Marcelo Ramos (PL-AM), criticou o episódio. “Xingamentos, agressões e ameaças não combinam com a atividade parlamentar. Não vamos permitir que a prática da intolerância e da violência se vulgarize no Parlamento. É hora de dar um basta antes que aconteça algo mais grave. Minha solidariedade ao deputado Paulo Teixeira”, declarou Ramos. A sessão foi retomada.

A matéria em discussão é o PL 399/2015, que torna possível a comercialização de medicamentos que tenham a Cannabis em sua composição.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.