Deputado alega justa causa ao TSE para sair do DEM

O deputado federal Betinho Rosado (DEM-RN) entrou com ação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pedindo declaração de justa causa para sair do partido e se filiar a outra legenda. Segundo Rosado, as mudanças no estatuto partidário com a extinção do antigo PFL e a mudança para o DEM fizeram com que ele perdesse identificação com a legenda, e isso justificaria sua desfiliação.O deputado alega ainda que vinha sendo isolado no partido e sua relação era conflituosa com a direção. Além disso, afirma Rosado, ele nunca preencheu ficha de filiação à legenda, inexistindo, portanto, vínculo formal com o DEM. Rosado tomou posse em agosto de 2007, no lugar de Nélio Dias (PP-RN), falecido. Ele pede que o TSE permita sua saída da legenda sem retirar seu mandato. As informações são da assessoria do TSE.

PAULO R. ZULINO, Agencia Estado

14 de março de 2008 | 14h32

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.