Deputada diz que foi 'vítima da sociedade violenta'

A deputada federal Manuela D''Ávila (PCdoB-RS) e o namorado dela, o músico Duca Leindecker, foram assaltados por dois homens armados na noite de domingo, no bairro Mont Serrat, em Porto Alegre. Os ladrões abordaram o casal na entrada da garagem do prédio onde o artista mora e levaram um automóvel Peugeot 3008, um computador e um celular, todos de Duca. A ocorrência foi registrada na 8ª Delegacia de Polícia Civil, que iniciou investigação.

ELDER OGLIARI, Agência Estado

10 de março de 2014 | 17h54

Manuela e Duca não reagiram ao ataque e comentaram o assalto em postagens no Twitter. O músico agradeceu o apoio na rede social. A deputada agradeceu pela "preocupação sincera" que demonstraram os amigos. "Trago comigo uma tranquilidade... fui mais uma vítima de uma sociedade violenta que luto há 15 anos para mudar", afirmou Manuela, que cancelou os compromissos que tinha agendado para esta segunda-feira. "Infelizmente, em função de todos os problemas de um roubo, tive que cancelar a minha ida para reunião da executiva nacional do PCdoB em Brasília", justificou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.