Deputada da dança da pizza vai ser punida com censura verbal

Os deputados integrantes da Mesa da Câmara e o presidente da Casa, deputado Aldo Rebelo, decidiram, que será punida com censura verbal a deputada Ângela Guadagnin (PT-SP), acusada de faltar com o decoro parlamentar ao dançar, no plenário, para comemorar a absolvição do deputado João Magno (PT-MG), acusado de envolvimento no esquema do mensalão.Ela dançou ao final da sessão em que o plenário mandou arquivar o processo contra Magno, acusado de envolvimento no escândalo do mensalão. A moção de censura à deputada petista deverá ser lida na sessão de hoje do plenário pelo deputado Rebelo. Depois de ter protagonizado a dança da pizza, a deputada foi afastada do Conselho de Ética pelo deputado Ricardo Izar, que preside o colegiado, contrariando entendimento da Secretaria-Geral da Mesa da Câmara, que apontou problemas regimentais na decisão do órgão de afastá-la.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.