Depois de 11 dias de recesso, Dilma retorna a Brasília

Depois de 11 dias de recesso na Base Naval de Aratu, em Salvador, a presidente Dilma Rousseff retornou, no início da tarde desta terça-feira, para Brasília.

TIAGO DÉCIMO, Agência Estado

08 de janeiro de 2013 | 17h46

Dilma embarcou, junto com os familiares que a acompanhavam na viagem - a mãe, Dilma Jane, a filha, Paula, o genro, Rafael Covolo, e o neto, Gabriel -, em um helicóptero, às 14h30 (horário de Brasília), com destino à Base Aérea de Salvador, de onde decolou de volta à capital federal.

A presidente chegou à base naval na tarde do dia 28 e, desde lá, manteve uma rotina de discrição. Passou a maior parte do tempo descansando na Casa da Boca do Rio, a reservada residência dos oficiais na base, e fez alguns passeios de lancha pela Baía de Todos os Santos.

Diferentemente das duas vezes anteriores em que tinha se hospedado no local, porém, Dilma não apareceu na Praia de Inema, de acesso restrito aos militares, frustrando curiosos que esperavam vê-la a partir da praia vizinha, de São Tomé de Paripe.

No último sábado, a presidente recebeu os governadores da Bahia, Jaques Wagner (PT), e de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), para uma longa conversa que, segundo fontes do governo baiano, teve como tema principal a eleição de 2014. O encontro se estendeu do horário de almoço ao início da noite. No dia seguinte, a presidente foi flagrada pela reportagem do jornal O Estado de S. Paulo passeando em uma lancha da Marinha, junto com Wagner.

Foi o segundo ano seguido que Dilma passou o réveillon na Base Naval de Aratu - e seu retorno ao local deve ser em breve. Segundo o governador baiano, a presidente já anunciou a intenção de descansar mais alguns dias na base durante o carnaval, assim como fez no ano passado.

Tudo o que sabemos sobre:
DilmaBahia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.