Denúncia contra prefeito causa quebra-quebra em Alfenas (MG)

Manifestações isoladas em vários pontos da cidade de Alfenas (MG) causaram destruição e a prisão de sete pessoas a noite desta segunda-feira. O motivo da revolta foi a veiculação de um vídeo que mostra o prefeito José Wurtemberg Manso (PDT)distribuindo dinheiro para sete vereadores. Duas fitas foram encaminhadas aos vereadores da oposição por uma ex-funcionária da Prefeitura.De acordo com o único investigador de plantão na cidade na noite de ontem, a confusão teve início às 21h30 durante uma reunião de moradores com vereadores de oposição, em frente a Câmara Municipal da cidade. Durante a sessão, as pessoasinvadiram o plenário. Houve confronto e quebra-quebra; mas polícia conseguiu deter alguns dos manifestantes, entre eles quatro adolescentes.Segundo a polícia, outro grupo atacou a casa do prefeito com pedras e pedaços de pau. Manso e a família se refugiaram no interior. Ninguém ficou ferido. Mais um adolescente e dois rapazes, de 20 e 21 anos, foram detidos. Na mesma noite, também a sede de uma auto-escola pertencente ao prefeito foi totalmente destruída. Os detidos foram liberados de madrugada e responderão pelo crime em liberdade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.