Dengue hemorrágica pode ter feito a primeira vítima em SP

O primeiro caso de suspeita de dengue hemorrágica, com morte, foi notificado na capital paulista. A vítima, a gerente de vendas Eliete de Jesus Sampaio, tinha 32 anos e morava em Santana, na zona norte. Ela esteve no Rio no fim de janeiro para visitar parentes. De volta a São Paulo, Eliete começou a se sentir mal, foi internada no domingo e morreu na segunda-feira.Segundo Julio Cesar de Magalhães Alves, diretor em exercício do Centro de Controle de Doenças (CCD) da Secretaria Municipal da Saúde, se a suspeita for confirmada, trata-se de um caso importado da doença. Eliete teria se contaminado no Rio, onde há uma epidemia de dengue.A confirmação do caso só deve sair em dez dias, quando testes específicos estiverem prontos. Até agora, exames gerais comprovaram que Eliete morreu por causa de uma doença infecciosa. No fim de semana dos dias 26 e 27 de janeiro, Eliete esteve no Rio. "Ela foi e voltou bem", disse Edilson de Jesus Sampaio, de 33 anos, um dos irmãos de Eliete. Na quinta-feira da semana passada, ela começou a sentir dor de cabeça. "Na sexta, minha irmã já estava bem de novo." Eliete voltou a ter muita dor de cabeça no sábado.Procurou o Hospital Voluntários, passou por consulta, tomou uma injeção e ainda recebeu uma receita médica. Mas, segundo o irmão ela não tomou o remédio receitado. No domingo, Eliete voltou para o hospital em estado grave e foi internada na unidade de terapia intensiva (UTI). Os médicos suspeitaram de dengue hemorrágica e notificaram a secretaria. Às 15h30 de segunda-feira, Eliete morreu no Hospital Santa Cecília para onde tinha sido transferida.Agentes de controle de zoonoses da Prefeitura de São Paulo estiveram na casa de Eliete e na vizinhança para procurar e eliminar focos do mosquito transmissor da dengue. "Os agentes encontraram poucos focos, nenhum na casa dela", afirmou Alves.A dengue hemorrágica pode se desenvolver quando o indivíduo que já teve a forma clássica da doença é contaminado por outro tipo de vírus. Há três tipos de vírus da dengue.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.