Demóstenes protocola pedido de expulsão de Paulo Octávio

Senador tem o apoio do deputado Ronaldo Caiado e também defende a dissolução do diretório do DEM no DF

estadao.com.br,

23 de fevereiro de 2010 | 12h02

Um dos principais defensores da expulsão do governador em exercício do Distrito Federal, Paulo Octávio, do DEM, o presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, Demóstenes Torres (DEM-GO), protocola ainda nesta terça-feira, 23, na direção nacional do partido o pedido de desligamento do vice de José Roberto Arruda. Demóstenes, que tem o apoio do deputado Ronaldo Caiado (DEM-GO), defende também a dissolução do diretório regional do partido.

 

Veja também:

linkDeputado do PT vai relatar impeachment

linkNovas investigações atingem complicam PO

linkConversa cita pagamento de R$ 1,2 milhão

blog Bosco: Paulo Octávio vai desistir mesmo

especial Entenda a operação Caixa de Pandora

 

A reunião de Executiva Nacional para debater a abertura do processo de expulsão está marcada para as 13h30 desta quarta-feira, 24. O líder do DEM no Senado, José Agripino Maia (RN), já disse que tanto a expulsão de Paulo Octávio quanto a dissolução do diretório regional são "pontos pacíficos" entre a cúpula partidária.

 

Na semana passada, José Agripino se reuniu com o governador em exercício para tentar convencê-lo a se desfiliar do DEM antes da abertura do processo de expulsão. Segundo o parlamentar, Paulo Octávio ouviu as argumentações e disse apenas que iria refletir sobre o assunto.

 

Com informações da Agência Brasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.