Demóstenes é cassado no Senado. Veja as frases de destaque

Sessão no plenário da Casa decidiu por 56 votos a 19 que senador deve perder o mandato por quebra de decoro

estadão.com.br

11 de julho de 2012 | 10h48

Senadores reunidos no plenário do Senado Federal decidiram pela cassação do mandato do senador Demóstenes Torres (sem partido-GO). Ele fica inelegível até 2027. Demóstenes é acusado de usar o mandato para defender os interesses do contraventor Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira. Veja abaixo as frases de destaque no plenário e nas redes sociais:    

Senador Demóstenes Torres (sem partido-GO): ‘Me deem a oportunidade de provar que sou inocente. Não acabem com a minha vida.’

Senador Demóstenes Torres (sem partido-GO): Alguém disse: diga-me com quem andas e direi quem és. Bobagem! Cristo andava com Judas. Se Carlinhos Cachoeira cometeu crimes, cana nele!

Senador Demóstenes Torres (sem partido-GO): ‘Eu me defendi de várias adjetivações. Fui chamado pela imprensa de bandido, pilantra, braço político, pessoa que tem dupla personalidade, que era um despachante de luxo.’

Senador Demóstenes Torres (sem partido-GO):  ‘Gostaria de me defender dos fatos. É como acusar a mulher de vagabunda. Como é que ela se defende disso?’

Senador Demóstenes Torres (sem partido-GO): ‘As provas periciais não foram feitas porque é um processo político. Não precisa de nada, de nenhum lastro. A perícia tinha que ser feita. Porque, segundo dizeres do Conselho de Ética, era preciso ter pressa. A pressa não significa absolutamente nada.’

Senador Demóstenes Torres (sem partido-GO): ‘Por que minha cabeça tem que rolar? Provei aqui, várias vezes, que sou inocente. Quero o direito do tempo. Por que me negaram o direito da perícia? Era o único direito que eu tinha.’

Senador Demóstenes Torres (sem partido-GO): ‘A imprensa do Brasil me deve um pedido de desculpas porque inventou contra mim.’

Kakay, advogado de Demóstenes: ‘Ora essa, quando esteve aqui nessa tribuna o senador a defender os interesses desse grupo? Tudo isso é claro, está comprovado nos autos.’

Senador Randolfe Rodrigues (PSOL): ‘Ser republicano exige muito de nós. Exige ser, em especial, intensamente ético’.

Senador Randolfe Rodrigues (PSOL): ‘O povo brasileiro nos encaminhou para cá para cumprir um serviço. Este é um momento em que o serviço deve ser cumprido.’

Senador Randolfe Rodrigues (PSOL): ‘Que esta seja a última votação sob a égide do voto secreto. Que aqui cumpramos com nosso dever. Por isso pedimos a cassação do mandato.’

Senador Randolfe Rodrigues (PSOL): ‘Conduta moral, decoro parlamentar não é um favor que fazemos à sociedade. É o dever-ser do parlamentar.’ 

Senador Antonio Carlos Valadares (PSB): ‘As decisões que tomamos têm que guardar harmonia com o que julgamos justo ou moralmente correto.’  

Senador João Capiberibe (PSB): ‘Essa é uma sessão em que espero que o Senado contribua para acabar com a rima entre impunidade e imunidade.’

Senador Ricardo Ferraço (PMDB): ‘Me senti ludibriado e enganado. É claro que devemos perdoar o pecador, mas o pecado, não’.

Senadora Ana Amélia (PP): ‘O Senado não é um tribunal, é uma casa política. Precisamos exercer, de forma ética, o nosso dever constitucional’.

Senador Mário Couto (PSDB): ‘Hoje, estamos diante de um fato que nos dá um pouco de moralidade. Mas ainda falta muito.’

Senador Mário Couto (PSDB): ‘Não adianta criar CPIs nesta Casa. Elas todas são dirigidas.’ 

Senador Pedro Taques (PDT): ‘Analisei o processo com todo o rigor, com honestidade acadêmica, mas sobretudo com honestidade parlamentar’.

Senador Humberto Costa (PT): ‘Quem o julga, senador, somos nós, mas que condena é o seu passado.’

Senador Humberto Costa (PT): ‘Como alguém, da intimidade desse cidadão, não poderia saber de suas atividades criminosas? Que amigo é esse que não procurou saber por que o amigo havia sido indiciado por seis crimes? Portanto, me perdoe, mas sua excelência faltou com a verdade.’

No twitter:

@comdicra Humberto Costa não é a pessoa indicada pra falar de ética. Passou por cima do candidato natural a Pref. de Recife c/apoio do Lula

@FogodoEon sacerdote do ódio, o hobbit umberto costa é só mais um dos ex-comissários 'do povo' de quem em boa hora, ficamos livres graças

@SaitoKhan Justo

@PedroTSouza Faz me rir Senador....Esta casa é um Circo dos Horrores!!!

@claudio_amorim: O dever do parlamentar é legislar o povo escolhe quem sai e quem entra. Infelizmente a imprensa não ajuda o povo.

@ElaineTeixeir14: em época de eleição todos falam isso.

@39Carlos: Agora é o momento d Sen Demóstenes mostrar os outros sócios d Cachoeira chutando definitivamente. ‘O Pau da Barraca’!

@rwy10: Na realidade Demostenes tem duas opções agora, ser representante da Nextel, ou continuar fazendo bicos como assalariado!

@merymts: ele ta tentando escapar....mas, olha, tem mais gente envolvida, mas ele vai morrer na praia sozinho

No facebook:

Jorge Marcos Fernandes Nascimento

Festa no picadeiro do Congresso brasileiro é assim mesmo...pobre Desmosténes, mas tudo bem...depois ele faz que nem Collor...se candidata de novo, ganha as eleições e volta ao grande espetaculo no picadeiro.kkkk

Agenor Jose de Barros

Com votaçao secreta só acredita na cassaçao do Demostenes quem ainda acha que existe papai noel, mula sem cabeça, saci perere e Gnomos. É pagar para ver.

Marcia Cristiane Reginaldo Costa

O Pior que ultimamente os parlamentares estão entrando para a história negativa da política

Edjanedemedeiros Maria Sousa Ele ainda diz que as gravações são ilegais, mas veja só quem fala de ilegalidade, justo ele, que é phd nisso, para o povo pouco importa se as escutas são ou não ilegais, a voz é dele, as maracutaias ele fez junto com o manda-chuva do cachoeira, se chegou a essa bandalheira toda, ele q abriu o caminho. tem mais é que ser esculachado sim

Raqueline Ferreira Poisé.. Perdeu o Brasil?: Com 285 ligações em 1 só ano para o maior bicheiro e contraventor de Goiás, me faz lembrar do famoso ditado: Diga-me com quem tu andas, que eu te direi quem és ????

Hector Thyso Será que com a transmissão ao vivo, algum dos excelentíssimos se proporá a defender o Demóstenes na tribuna?

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.