Democratas divulga lista de parlamentares para CPI do MST

Comissão deve apurar desvios de repasses de verbas públicas ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra

estadao.com.br,

27 Outubro 2009 | 17h12

O Democratas indicou na tarde desta terça-feira, 27, os nomes dos parlamentares que irão fazer parte da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) destinada a apurar desvios de repasses de recursos públicos ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). O partido foi o primeiro a anunciar seus titulares na comissão: os deputados Abelardo Lupion (PR) e Onyx Lorenzoni (RS). Para suplentes, Jorginho Maluly (SP) e Vic Pires Franco (SP).

 

Veja também:

linkPT insiste em ficar com relatoria de CPI

linkCPI do MST não atrapalhará repasses para entidades, diz Padilha

linkIntelectuais fazem manifesto contra CPI

linkSarney pede indicação de integrantes para CPMI

linkVeja o histórico de ações do MST durante o governo Lula

 

O Movimento dos Sem-Terra (MST) já definiu sua estratégia para enfrentar a comissão: vai tentar levar o debate para fora do Congresso. Nos últimos dias, líderes dos sem-terra já estiveram reunidos com representantes de centrais sindicais, diretórios estudantis, movimentos sociais e partidos políticos para articular manifestações em centros urbanos a favor do MST e da reforma agrária e contra a CPI.

 

O propósito do MST é não ficar na defensiva. Além de atacar o agronegócio, quer aprofundar o debate sobre a revisão dos índices de produtividade rural. Seus líderes do movimento estão convencidos de que foi esse tema que deu origem à proposta da CPI.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.