Dida Sampaio/AE - 21/12/2011
Dida Sampaio/AE - 21/12/2011

Demitido desde segunda, Negromonte formaliza saída do Ministério

Após tomar decisão em reunião com aliados no começo da semana, a presidente Dilma recebeu nesta quinta-feira a carta de demissão do ministro das Cidades, envolvido em diversas denúncias

Rafael Moraes Moura, de O Estado de S.Paulo, e Eduardo Bresciani, do Estadão.com.br

02 de fevereiro de 2012 | 16h33

BRASÍLIA - A presidente Dilma Rousseff informou há pouco, em nota divulgada pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, que Mário Negromonte entregou carta de demissão para deixar o Ministério das Cidades. Para o lugar de Negromonte, a presidente chamou o deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB). Dilma reuniu-se nesta tarde com Negromonte por cerca de 15 minutos e depois recebeu Ribeiro, no seu gabinete. Negromonte é o sétimo ministro do governo a cair por denúncias de irregularidades.

 

A substituição de Mário Negromonte já estava acertada em acordo firmado entre Dilma, o PP e o governador da Bahia Jaques Wagner na segunda-feira, 30, como revelou o Estado revelou na quarta-feira, 1º. O acordo foi fechado durante assinatura da ordem de serviço para o início das obras de revitalização urbanística da bacia do rio Camaçari, região metropolitana de Salvador.

 

Na ocasião, Negromonte, que pertence ao PP da Bahia, já aparentava constrangimento ao participar do evento, junto com a presidente Dilma Rousseff, do governador da Bahia, Jaques Wagner, e de cinco colegas de ministério.

 

Denúncias. O ministro das Cidades deixa o cargo após várias denúncias de irregularidades, da adulteração de pareceres técnicos em obras da Copa a reuniões com lobistas. Pesou também para a decisão um racha na bancada do PP, que, em sua maioria, não se sentia mais representada pelo atual ministro.

 

Aguinaldo Ribeiro, atual líder da bancada do partido na Câmara, é um parlamentar de primeiro mandato,pouco conhecido na Casa. Tão desconhecido que o próprio presidente do PP, senador Francisco Dornelles (RJ), confundiu-se ao citar seu nome. Durante a rápida entrevista em que anunciou a troca, Dornelles chegou a chamar o novo ministro de "Aguinaldo Muniz". Apesar da gafe, Dornelles afirmou que o indicado é "competente, trabalhador e muito representativo para a bancada".

 

Conforme informou o jornal O Estado de S.Paulo nesta quinta-feira, Aguinaldo Ribeiro favoreceu no orçamento de 2012 o curral eleitoral da irmã, a deputada estadual paraibana Daniella Ribeiro, pré-candidata a prefeito de Campina Grande, na Paraíba.

 

Confira abaixo a íntegra da nota:

O ministro das Cidades, deputado Mário Negromonte, entregou hoje sua carta de demissão à presidenta Dilma Rousseff. A Presidenta da República agradece os serviços por ele prestados ao país à frente da pasta e lhe deseja boa sorte em seus novos projetos. Para substituí-lo, a presidenta convidou o deputado Aguinaldo Ribeiro.

Tudo o que sabemos sobre:
Negromontedemissão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.