DEM tentará convocar Mantega no plenário da Câmara

Em requimento, lideranças do partido pedem que proposta de chamar ministro da Fazenda para explicar denúncias na Casa da Moeda seja votada ainda nesta terça

Eduardo Bresciani, do estadão.com.br

07 de fevereiro de 2012 | 11h39

BRASÍLIA - Com as comissões temáticas da Câmara ainda em processo de formação, o DEM decidiu tentar aprovar em plenário uma convocação para que o ministro da Fazenda, Guido Mantega, dê explicações sobre as denúncias que levaram à demissão de Luiz Fernando Denucci da Casa da Moeda.

Um requerimento pedindo a presença do ministro foi protocolado pelo deputado Mendonça Filho (DEM-PE) e o líder do partido, ACM Neto (BA), pedirá na reunião de líderes que a proposta seja votada já na tarde desta terça-feira, 7. A intenção da oposição é evitar que o caso esfrie e a base tenha menos desgaste para barrar a convocação.

Denucci foi demitido em 28 de janeiro acusado de receber propina de fornecedores da Casa da Moeda. Reportagem da Folha de São Paulo publicada dias depois afirmou que o presidente da instituição tinha aberto offshores em paraísos fiscais e movimentado R$ 25 milhões. Mantega admitiu ter sido avisado em 2010 que Denucci tinha tido um problema em 2001 com a Receita Federal, mas afirmou não ter visto motivo para demissão naquela ocasião.

Senado. Nessa segunda-feira, 6, o líder do PSDB no Senado, Alvaro Dias (PR), também apresentou requerimento para convidar Mantega e o ex-presidente da Casa da Moeda a dar explicações na Comissão de Assuntos Econômicos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.