DEM quer tirar a vaga de Lobão

Cotado pelo PMDB para assumir a presidência do Senado no lugar de Renan Calheiros (PMDB-AL), o senador Edison Lobão (PMDB-MA) terá de responder a processo no Tribunal Superior Eleitoral por infidelidade partidária. O DEM protocolou ação para que seja substituído pelo primeiro suplente, Edison Lobão Filho. O estatuto do DEM pune a troca de legenda.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.