DEM quer criar CPI dos Cartões exclusiva no Senado

O líder do DEM no Senado, José Agripino (RN), pediu ao presidente da Casa, Garibaldi Alves (PMDB-RN), que faça hoje a leitura do requerimento pedindo a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) exclusiva do Senado para investigar o uso dos cartões corporativos, que tem as assinaturas de 31 senadores, quatro a mais do que o mínimo necessário. Segundo Agripino, "a oposição fez o possível para investigar os gastos com cartão corporativo na CPI Mista, mas não conseguiu, por conta da ação do governo na Comissão".O líder do PSDB, Arthur Virgílio (AM), afirmou que não se conseguiu convocar, na CPI Mista, "sequer os ecônomos do Palácio do Planalto (funcionários encarregados de contratar e pagar serviços e bens)". Depois de lido o requerimento, é fixado prazo para que os líderes dos partidos indiquem seus representantes na CPI.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.