DEM propõe Ficha Limpa para Executivo e Judiciário

O DEM quer estender a Lei da Ficha Limpa ao Executivo e ao Judiciário. É o que propõe projeto apresentado hoje na Câmara pelo líder do partido na Casa, deputado Paulo Bornhausen (SC). Pela proposta, todas as contratações para qualquer cargo ou função no governo federal ou na Justiça deverão obedecer ao critério da Ficha Limpa, que já vigora para os candidatos a mandatos eletivos.

CHRISTIANE SAMARCO, Agência Estado

04 de agosto de 2010 | 18h09

A ideia é que todos que tiverem no currículo uma condenação na Justiça determinada por um colegiado sejam vetados para qualquer cargo na administração pública ou na Justiça. "Se querem limpar de verdade, tem que ter ficha limpa por completo, para todo mundo", sugere Bornhausen. "Esta é a reforma política do próximo presidente da República. A reforma completa que o Lula não fez e o PT não quer."

Tudo o que sabemos sobre:
Ficha LimpaDEMExecutivoJudiciário

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.