DEM: por CPMF, governo liberou R$ 206 mi em 5 dias

Apenas nos últimos cinco dias, o governo federal liberou o pagamento de cerca de R$ 206,8 milhões em emendas orçamentárias. Segundo levantamento feito pela assessoria de orçamento da liderança dos Democratas no Senado, esse valor chega a cerca de R$ 515 milhões se forem consideradas os totais liberados pelo governo durante novembro. Para os dirigentes do DEM, esse processo indica que o governo estaria, supostamente, liberando recursos para garantir votos para a aprovação da proposta de prorrogação da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF).Segundo o levantamento, as emendas de novembro superam amplamente os recursos liberados pelo governo nos meses anteriores. Em outubro, esse tipo de liberação atingiu cerca de R$ 173,3 milhões. Em setembro, esse valor foi um pouco maior: R$ 265 milhões. Em agosto, foi de R$ 210,9 milhões. As emendas contemplam todos os partidos, incluindo os de oposição, embora a maioria dos de recursos seja destinada aos integrantes da base de sustentação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Congresso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.