DEM pede saída de Argello da relatoria do Orçamento

O DEM pediu hoje a destituição do senador Gim Argello (PTB-DF) da função de relator do projeto de Orçamento da União para o próximo ano. Reportagens publicadas pelo jornal O Estado de S. Paulo desde domingo revelam um esquema fraudulento de destinação de verbas do orçamento para institutos fantasmas e laranjas, que têm convênios para a realização de eventos culturais e de turismo.

AE, Agência Estado

07 Dezembro 2010 | 14h51

Apesar do pedido, o DEM quer a manutenção do calendário que prevê a votação do orçamento ainda neste ano, antes do recesso parlamentar com início previsto para o dia 23 de dezembro. O partido ainda exige "a apuração das denúncias, e rigorosa punição aos responsáveis, no caso de comprovação das irregularidades". O comunicado é assinado pelo líder da legenda na Câmara, Paulo Bornhausen.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.