DEM oficializa candidatura do prefeito hoje

Sem fechar acordo com PSDB, convenção lança Kassab em coligação formada por DEM, PMDB, PR e PV

Carina Urbanin, O Estadao de S.Paulo

14 de junho de 2008 | 00h00

O DEM realiza hoje, a partir das 9 horas na Assembléia Legislativa, convenção para homologar a candidatura à reeleição do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM). Os Democratas formam uma coligação juntamente com PMDB, PR e PV. Durante o encontro, também serão escolhidos os candidatos a vereador para estas eleições. Integrantes da legenda afirmam que o nome do vice de Kassab deverá ficar em aberto até a convenção do PSDB, no dia 22.Caso a candidatura do ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), à prefeitura da capital seja confirmada no dia 22, o DEM deve oficializar como vice Alda Marco Antônio (PMDB), indicada pelo presidente da sigla no Estado, o ex-governador Orestes Quércia.Segundo fontes do DEM, o partido manterá em aberto, até o dia 30, a possibilidade de novos partidos aderirem a Kassab. Este é o prazo final para realização das convenções dos Diretórios Municipais.Enquanto tucanos e democratas disputam quem deve encabeçar a chapa à prefeitura, os ocupantes dos principais cargos na administração municipal já tomam rumo. Deixa o governo nos próximos dias o subprefeito Felipe Sigollo, da Vila Prudente. Ele foi assessor parlamentar de Alckmin, responsável pela unidade de relacionamento com os legislativos e atuou na unidade de gestão estratégica da Casa Civil. Mais recentemente outros subprefeitos filiados ao PSDB também deixaram o posto. É o caso de Fábio Lepique, da Vila Mariana, José Roberto Piteri, de Santana, Arthur Xavier, de Cidade Tiradentes e Lacir Baldusco, de M?Boi Mirim. Há possibilidade de outros dez pedirem exoneração.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.