DEM fiscaliza obras do PAC para atacar ministra

Aliado declarado do PSDB nas eleições presidenciais de 2010, o DEM começa no próximo dia 30 uma caravana pelo País para fiscalizar o andamento das obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) - grande bandeira do presidente Luiz Inácio Lula da Silva para fazer seu sucessor. Os democratas buscam munição contra a pré-candidata de Lula à Presidência, a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, apelidada de "mãe do PAC" pelo próprio presidente.A "Caravana da Transparência", como foi batizada, vai partir de Pernambuco, terra natal de Lula e considerada área prioritária do PAC. A oposição busca indícios do suposto fracasso do programa, em uma tentativa de minar o projeto Dilma 2010.Um exemplo da munição que os democratas pretendem encontrar no Nordeste brasileiro é uma foto apresentada pelo líder do DEM na Câmara dos Deputados, Ronaldo Caiado (DEM-GO), anteontem, no anúncio de lançamento da caravana, em Brasília. A imagem mostra um trecho da Ferrovia Transnordestina - com recuperação prevista pelo PAC - servindo de esteio para amarrar cabras e bodes. "É a síntese do descaso", atacou Caiado.Pelos cálculos do deputado federal André de Paula (DEM-PE), autor da ideia da caravana, dos 77 projetos do PAC previstos para o Pernambuco, 49 não tiveram recursos destinados."Lula prometeu R$ 20 bilhões ao Estado, mas, até agora, só comprometeu com obras e serviços R$ 1,2 bilhão", afirmou o parlamentar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.