DEM expulsa suplente de deputado envolvido em mensalão

Decisão foi tomada diante da possibilidade de Geraldo Naves assumir a vaga de titular na Câmara do DF

O Estado de S.Paulo,

11 de março de 2010 | 22h28

Preso no presídio da Papuda, o suplente de deputado distrital Geraldo Naves foi expulso nesta quinta-feira, 11, do DEM. A decisão foi tomada diante da possibilidade de Naves assumir a vaga de titular na Câmara Legislativa. Com a expulsão, o suplente não poderá concorrer às eleições deste ano. Naves, aliado do governador afastado José Roberto Arruda (sem partido, ex-DEM), teve a prisão preventiva decretada sob a acusação de participar da tentativa de suborno do jornalista Edson Sombra, uma das testemunhas da Operação Caixa de Pandora.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.