DEM e PSDB definem nesta quarta relator de CPI das ONGs

Comissão investigará liberação de recursos públicos do governo para entidades

ROSA COSTA, Agencia Estado

22 de agosto de 2007 | 13h07

Líderes dos partidos DEM e PSDB no Senado se reúnem na tarde desta quarta-feira, 22, para tentar um consenso em torno da escolha de um relator para a comissão parlamentar de inquérito (CPI) criada para investigar denúncias de prática de irregularidades por organizações não governamentais (ONGs). A instalação da CPI estava marcada para esta manhã, mas teve que ser adiada por causa do impasse em torno da relatoria.     O objetivo da CPI é apurar a liberação pelo governo de recursos públicos para ONGs para as organizações da sociedade civil de interesse público. A comissão deve investigar também a utilização de recursos vindos do exterior de 1999 a 2006. O requerimento de criação da comissão foi lido há seis meses, no dia 15 de março de 2007, mas houve um acordo de líderes para que ela fosse instalada apenas no segundo semestre deste ano. var keywords = ""; Na reunião desta manhã, o líder do PMDB, senador Waldir Raupp (PMDB-MS), reivindicou a presidência da comissão para o peemedebista Walter Pereira (MS). O senador Heráclito Fortes (DEM-GO), autor do requerimento de criação da comissão, concordou, mas, no momento da instalação, o líder do DEM, senador José Agripino (RN), apresentou a informação de que o PSDB quer a relatoria da comissão. Por isso, os líderes do PSDB e do DEM terão a reunião esta tarde.

Tudo o que sabemos sobre:
CPI das Ongs

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.