DEM critica Wagner por espaço a Dirceu no ''''Diário Oficial''''

Oposição denunciará governo da BA por ?confundir? público com partido

Tiago Décimo, SALVADOR, O Estadao de S.Paulo

19 Outubro 2007 | 00h00

A exibição de uma entrevista do ex-ministro José Dirceu ao programa Provocações, pela TVE Bahia (emissora estadual), e o uso de sua imagem em destaque no Diário Oficial do Estado, anteontem, causaram revolta na bancada de oposição ao governador Jaques Wagner (PT)."Existe, entre eles, uma confusão entre o que é máquina pública e o que é máquina partidária", dispara o líder da oposição na Assembléia Legislativa, Gildásio Penedo (DEM). De acordo com ele, a bancada já se reuniu e decidiu entrar com uma denúncia de autopromoção partidária contra o governo no Ministério Público da Bahia. "Todo mundo sabe dos graves problemas pelos quais a política cultural está passando no Estado. O espaço que foi usado para promover o José Dirceu, tanto no Diário Oficial quanto na TV, poderia ser usado para divulgar nossa cultura em si."A coordenadora de jornalismo do governo do Estado, Ivana Braga, alega que o uso da imagem de Dirceu no Diário Oficial foi decidido por critérios objetivos e jornalísticos. "Qualquer que fosse o entrevistado do programa, ele teria espaço no local, porque a página em questão é sempre usada para informar a programação cultural do dia no Estado, na TV e em outros locais", disse. "Não ?politizamos? nosso trabalho."O texto do Diário Oficial destaca: "Dirceu, que também é advogado, esclarece as acusações feitas contra ele e diz que nunca conseguiram provar nada contra sua pessoa. Comenta que já foi condenado e cumpriu pena." Segundo Ivana, são apenas comentários sobre o que o ex-ministro falou na entrevista concedida ao ator e diretor Antônio Abujamra. O diretor da TVE Bahia, Pola Ribeiro, afirma que o programa Provocações é produzido pela TV Cultura, de São Paulo, e faz parte da grade padrão da emissora estadual baiana. "A bem da verdade, seria uma honra para nós produzirmos um programa apresentado pelo Abujamra, ainda mais com o José Dirceu como entrevistado. Que emissora não gostaria disso?"

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.