DEM condiciona apoio a Serra à indicação do vice na chapa

Ex-governador tucano se reuniu com dirigentes democratas no Palácio dos Bandeirantes

Bruno Boghossian, do estadão.com.br,

12 de março de 2012 | 21h23

SÃO PAULO - Após se reunir com dirigentes do DEM nesta segunda-feira, 12, o ex-governador José Serra (PSDB) afirmou que o partido condicionou as negociações em torno de uma aliança para a eleição para a Prefeitura de São Paulo à indicação de um vice para a chapa tucana.

"Eles têm o pleito de indicar o vice, que seria o Rodrigo Garcia. E eles também têm pretensões Brasil afora", disse o ex-governador, em referência às negociações entre PSDB e DEM em torno de alianças em Salvador e no Recife.

Serra elogiou as possíveis candidaturas de ACM Neto (DEM) e Antônio Imbassahy (PSDB) na capital baiana, deixando livre o caminho para uma aproximação entre as siglas.

O encontro aconteceu no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista.

Sobre as negociações com outros partidos, Serra disse que ainda não iniciou conversas com o PPS, mas afirmou que "certamente haverá".

Tudo o que sabemos sobre:
Serra

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.