DEM aprova dissolução do diretório regional em SP

A Executiva Nacional do Democratas (DEM) aprovou nesta manhã a dissolução do diretório regional do partido em São Paulo. O diretório era controlado pelo prefeito da capital paulista, Gilberto Kassab, que está deixando a legenda para criar o Partido Social Democrático (PSD). A nova direção regional do DEM será definida possivelmente na próxima semana.

MARCELO DE MORAES, Agência Estado

24 de março de 2011 | 11h42

Na segunda-feira, ACM Neto anunciou, pelo Twitter, que iria propor uma intervenção imediata da Executiva Nacional do DEM para tirar o controle de Kassab sobre o diretório paulista. "Temos de tirar o DEM, imediatamente, da influência do prefeito Kassab, o político que tem 43% de rejeição na cidade que administra", escreveu o parlamentar baiano, provocando ainda: "E aí, Kassab? O povo de SP, que o conhece, deu 43% de rejeição à sua administração. Assim, vai acabar como um dos piores prefeitos do Brasil", disse, em referência à pesquisa Datafolha que apontou a pior avaliação do prefeito desde que foi reeleito.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.