Delta diz ter sido 'surpreendida' com operação da PF

Em nota divulgada na tarde desta terça-feira, 1º, a Delta informou ter sido "surpreendida" com a operação da Polícia Federal (PF) em escritórios da empresa no Rio, São Paulo e Goiás.

FÁBIO GRELLET, Agência Estado

01 de outubro de 2013 | 19h01

Na nota, a assessoria da Delta diz que a empreiteira "encontra-se em recuperação judicial, homologada em janeiro de 2013 pelo juízo da 5ª Vara Empresarial do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro".

"Toda movimentação financeira e contábil da empresa é acompanhada e fiscalizada pela Justiça, pelo Ministério Público e pelo administrador judicial Deloitte Touche Tohmatsu". A Delta afirma que todos os esclarecimentos serão prestados às autoridades competentes, "contribuindo de forma plena com a investigação".

Tudo o que sabemos sobre:
PFOPERAÇÃO SAQUEADORDELTA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.