Delegado e sargento são convidados a explicar dossiê

O delegado aposentado da Polícia Federal Onésimo de Souza e o sargento da Aeronáutica, Idalberto de Araújo, conhecido como Dadá, foram convidados hoje pela Comissão Mista de Controle das Atividades de Inteligência do Congresso Nacional a comparecerem, na próxima quarta-feira, para depor sobre o funcionamento de empresas privadas de inteligência e o eventual uso da máquina pública nas operações relacionadas a essas empresas.

ROSA COSTA, Agência Estado

09 de junho de 2010 | 15h37

O pedido de requerimento foi apresentado pelo líder da minoria na Câmara dos Deputados, deputado Gustavo Fruet (PSDB-PR). Segundo ele, o objetivo é saber como foi feito o dossiê supostamente contra o candidato do PSDB à Presidência, José Serra, e sua família. "Queremos saber quem foram os contatos, quando foi feito e se houve algum pagamento e qual a fonte desse recurso", disse Fruet.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.