Defesa pede soltura de investigador

Em habeas corpus ao Tribunal Regional Federal (TRF), os criminalistas Alberto Carlos Dias e Maria Fernanda Carbonelli Muniz pediram revogação da prisão do investigador Fábio Gatto, da Polícia Civil de Santos, alvo da Avalanche - inquérito que envolve o empresário Marcos Valério em fraude e espionagem. "Não há um único indício contra Fábio, ele nem conhece Valério", assinalam os advogados. "Mantê-lo preso configura antecipação de pena."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.