Defesa de Lula e Dilma chega hoje à Justiça

O advogado-geral da União, José Antonio Dias Toffoli, vai apresentar hoje ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a defesa do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, diante da acusação de que estariam antecipando a campanha eleitoral de 2010. O governo responde à representação apresentada pelo DEM e pelo PSDB, que procuraram a Justiça após o Planalto ter organizado um encontro nacional de prefeitos, há cerca de 15 dias, em Brasília. "Não existe nenhuma antecipação de campanha. Se a gente fizer uma metáfora com a Fórmula 1, sequer as equipes escolheram seus pilotos e estamos muito longe dos treinos livres e oficiais", afirmou Toffoli. Ele argumentou que o encontro foi organizado pelo governo para apresentar aos prefeitos programas dos ministérios. "Eu acho que a oposição acaba é ela fazendo campanha da ministra Dilma, quando coloca este enfoque (de ministra-candidata). Mas, enfim, é opção da oposição fazer esta representação."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.