Déda determina corte de despesas de secretarias de SE

O governador do Sergipe, Marcelo Déda (PT), determinou que todos os seus secretários reduzam em 20% as despesas em suas respectivas pastas. Essa decisão foi tomada nesta quarta-feira, durante as quase cinco horas da primeira reunião oficial no Palácio de Despachos com todos os seus auxiliares do primeiro e segundo escalões. Ele reforçou que encontrou as finanças do Estado numa situação deplorável, por isso é necessário que a máquina administrativa seja organizada. "É preciso fazer muita economia para depois investir", explicou. Déda disse que o Estado vive "num momento de dificuldade", mas não deu novas informações a respeito das finanças do Estado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.