Decretada prisão de Luís Estevão

O Tribunal Regional Federal em São Paulo acatou o pedido do Ministério Público e decretou hoje à tarde a prisão preventiva do ex-senador Luís Estevão, acusado de envolvimento no desvio de verbas do prédio do Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo.Também hoje, o TRF decretou a prisão dos empresários Fábio Monteiro de Barros Filho, Pedro Rodovale e José Eduardo Corrêa TeixeiraFerraz, todos ligados ao esquema, que seria comandado pelo juiz aposentado Nicolau dos Santos Neto, que está preso na Polícia Federal, em São Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.