Decisão sobre Fundo Partidário é ´temerária´, diz Tasso

O presidente nacional do PSDB, senador Tasso Jereissati (CE), afirmou nesta quarta-feira que foi "temerária" a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de aumentar o repasse de verbas do Fundo Partidário aos pequenos partidos.Na avaliação de Tasso, "dar força a isso é uma forma de desestabilizar a democracia, porque a maioria dos partidos pequenos, com honrosas exceções, são mercadores de legendas, tanto nas eleições quanto nas votações".Em reação à decisão anunciada na terça-feira pelo TSE, os presidentes dos quatro maiores partidos - Jereissati, Michel Temer (PMDB), Ricardo Berzoini (PT) e Jorge Bornhausen (PFL) - convocaram uma reunião para esta quarta-feira, às 18 horas.Durante o encontro, os líderes poderão definir o texto de um projeto que restabeleça a norma prevista na Lei dos Partidos Políticos, que prevê a distribuição do Fundo Partidário de acordo com tamanho das bancadas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.