Decisão de líder do PSDB pega bancada de surpresa, diz Domingos Sávio

Deputado contesta entendimento de Ricardo Tripoli sobre aceitação de denúncia contra Temer

Eduardo Rodrigues, O Estado de S.Paulo

02 Agosto 2017 | 11h51

BRASÍLIA - O deputado Domingos Sávio (PSDB-MG) disse no final desta manha de quarta-feira, 2, ter sido pego de surpresa com a notícia de que o líder do partido Ricardo Tripoli (SP) irá encaminhar votação favorável ao acolhimento da denúncia contra o presidente Michel Temer. "Isso pegou a bancada de surpresa e não reflete o sentimento da maioria do partido. Isso é liderança de partido nanico e será um tiro no pé. Será desastroso", disse o deputado.

O parlamentar se encontrava num canto do plenário da Câmara com outros deputados do PSDB por volta das 11h30. Ele tenta convencer os colegas a pedirem que Tripoli libere a bancada para a votação e não encaminhe o voto pela aceitação da denúncia.

O deputado Antônio Imbassahy (PSDB-BA), que foi exonerado nesta quarta do cargo de ministro da secretaria de Governo para reassumir o mandato na Câmara e votar a favor do presidente Michel Temer, disse desconhecer a decisão de Tripoli.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.