Decisão de Jader não impedirá cassação, diz Dante

O governador do Mato Grosso, Dante de Oliveira (PSDB), disse hoje que o prazo de 15 dias dado pelo presidente do Senado, Jader Barbalho (PMDB-PA), para que a mesa da Casa decida se acata ou não a provável recomendação de abertura de processo contra os parlamentares, não favorecerá os senadores Antônio Carlos Magalhães (PFL-BA) e José Roberto Arruda (sem partido-DF). "Acho muito difícil não haver cassação. Ficaria extremamente mal para o Senado e para os senadores. Ou o Senado pune ou será punido", afirmou.O governador participa hoje de almoço-palestra, no clube A Hebraica, em São Paulo, sobre as possibilidades de investimento no Mato Grosso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.