Decisão de Aécio não deve afetar Dilma, diz Lula

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse acreditar que a decisão do governador de Minas Gerais, Aécio Neves, de desistir de disputar a pré-candidatura à Presidência da República pelo PSDB, não deve afetar a possível candidatura da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff. O presidente deu a declaração na manhã de hoje, em Brasília, durante café da manhã com jornalistas no Centro Cultural Banco do Brasil.

BEATRIZ ABREU E VERA ROSA, Agencia Estado

21 de dezembro de 2009 | 11h03

Lula, porém, quer entender a intenção do governador mineiro. Para o presidente, a decisão de Aécio foi uma resposta ao PSDB. Lula anunciou que na quarta-feira estará com o governador de São Paulo, José Serra (PSDB), com quem discutirá esse assunto e, após as festas de final de ano, pretende se encontrar com Aécio para saber se a decisão é definitiva ou não.

Tudo o que sabemos sobre:
eleições 2010LulaAécioDilma

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.