Dida Sampaio|Estadão
Dida Sampaio|Estadão

Decano do Supremo diz que Corte decidirá em breve sobre nomeação de Lula

'Eu confio que o Poder Judiciário apreciará celeremente uma questão que, por ser extremamente delicada, e por envolver a questão sensível das relações institucionais entre os Poderes da República, deverá ter uma apresentação rápida', afirmou o ministro Celso de Mello

Isadora Peron e Gustavo Aguiar, O Estado de S. Paulo

17 de março de 2016 | 14h45

Brasília - O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), disse nesta quinta-feira, 17, que a Corte deverá se pronunciar rapidamente sobre o caso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Partidos da oposição entraram com ações no Supremo pedindo que a posse de Lula fosse suspensa. A alegação principal é que o ex-presidente assumiu o ministério para ganhar foro privilegiado e não ser mais julgado pelo juiz Sérgio Moro, que cuida dos processos da Lava Jato na primeira instância. 

"Eu confio que o Poder Judiciário apreciará celeremente uma questão que, por ser extremamente delicada, e por envolver a questão sensível das relações institucionais entre os Poderes da República, deverá ter uma apresentação rápida e uma solução jurisdicional pronta logo, logo, logo", disse. 

O decano afirmou que vai falar mais sobre o caso em um pronunciamento no plenário, que acontecerá na tarde desta quinta. 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.