Debate sobre 3º mandato de Lula 'está nas ruas', diz jornal

Para 'El País', possibilidades incluem plebiscito e indicação de 1ª dama para sucessão.

BBC Brasil, BBC

02 de novembro de 2007 | 09h50

Uma reportagem publicada nesta sexta-feira na edição online do jornal espanhol El País afirma que a discussão sobre um possível terceiro mandato do presidente Luiz Inácio Lula da Silva já "está nas ruas".Sob o título "Lula três", o texto sugere que o assunto poderia ser decidido pela via do plebiscito, e que outra possibilidade, descartada por Lula neste momento, consistiria em apontar a primeira-dama Marisa Letícia para a corrida presidencial, a exemplo do que ocorreu na Argentina.A matéria faz referência a um projeto recentemente desengavetado no Congresso Nacional, que permitiria ao presidente convocar plebiscitos para decidir sobre questões importantes, como a possibilidade de reeleição indefinida.Segundo o correspondente do diário no Rio de Janeiro, Juan Arias, Lula tem evitado iniciar o debate sobre a 're-reeleição', porque teme ser associado ao presidente venezuelano, Hugo Chávez, que defende a renovação indefinida de mandatos no seu país.No Brasil, diz o correspondente, "já existem pesquisas de opinião, que não saem a público, para medir a percentagem de cidadãos que desejariam que Lula continuasse no poder". O repórter não esclarece que pesquisas seriam essas.O texto faz referência a um debate iniciado pelo prefeito do Rio, o integrante do partido Democratas César Maia, que há algumas semanas acusou o governo Lula de passar mensagens 'subliminares' com o número 3 em uma campanha de marketing do Banco do Brasil."É certo que o número três, como publicidade subliminar de 'Lula três', já está em marcha, e aparece em diversos anúncios de Estado", diz o El País."Dessa maneira, se amanhã houver a possibilidade de um 'Lula três', através de um referendo, por exemplo, parte do trabalho já estaria feita."O diário espanhol lembra que Lula já admitiu que continuará na política, e que poderia voltar a se candidatar nas eleições de 2014. "Isso, no pior cenário para ele", diz o jornal.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
PTCongressoLulapolíticaclaudio couto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.