Debate no Acre é marcado por acusações e equívocos

O debate entre os candidatos ao governo do Acre promovido pela TV Acre na noite de terça-feira foi marcado pela troca de acusações, equívocos e piadas no microblog Twitter. Os candidatos Antônio Gouveia, Tijolinho (PRTB), Tião Bocalom (PSBD) e Tião Viana (PT) responderam a perguntas relacionadas à gestão pública, emprego, seguranças, habitação, funcionalismo público, meio ambiente.

NAYANNE SANTANA, Agência Estado

29 de setembro de 2010 | 00h41

Os ataques ficaram por conta de Bocalom e Tião Viana, que se destacam nas pesquisas de intenções de votos. Tijolinho virou deboche entre os eleitores acreanos no microblog Twitter por não apresentar propostas, não responder com concisão o que lhe era perguntado e manter-se distante do que era debatido.

No decorrer do programa os ânimos do tucano e do petista se exacerbaram. Bocalom acusou o governo petista de lavagem de dinheiro nas execuções de obras públicas e desvios de verba pública na construção da BR-364. Por outro lado, o petista questionou Bolacom sobre a contribuição dele na agricultura do Acre, tendo em vista que a principal proposta de campanha do tucano é investir no setor.

Tudo o que sabemos sobre:
Eleições 2010debateTV GloboAcre

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.