Debate Estadão/TV Cultura/YouTube terá análise nos intervalos

Jornalistas do Grupo Estado vão comentar principais momentos de cada bloco; transmissão começa às 21h15 e terá cobertura especial pela TV, internet, rádio e redes sociais

O Estado de S.Paulo - alterado às 12h21

17 de setembro de 2012 | 11h07

O debate entre os candidatos à Prefeitura de São Paulo, promovido pelo Estado, em parceria com a TV Cultura e YouTube, contará com análises dos principais momentos nos intervalos de cada um dos blocos do encontro. O evento começa às 21h15 desta segunda-feira, 17, e terá transmissão simultânea pela TV Cultura, pela internet (YouTube e portal estadão.com.br) e pela rádio Estadão ESPN.

Pela internet, o editor executivo de Conteúdos Digitais do Grupo Estado, Luís Fernando Bovo, e o colunista José Roberto de Toledo vão avaliar o desempenho dos oito candidatos convidados e os temas de destaque de cada bloco.

Ainda no site, será possível seguir o minuto a minuto com os principais momentos do embate entre os políticos pelo blog Radar Político. O debate estará também no Twitter (@EstadaoPolitica) – com a hashtag #debatesp – e no Facebook (facebook.com/politicaestadao).

A partir das 19h, a Estadão ESPN trará informações ao vivo do local do evento, no teatro Franco Zampari. Para a cobertura, a Estadão ESPN vai montar um estúdio no local, de onde o cientista político Humberto Dantas fará análises ao longo do encontro.

Formato. Foram convidados para debater os oito partidos com representação na Câmara dos Deputados, como determina a lei eleitoral. São eles Carlos Giannazi (PSOL), Celso Russomanno (PRB), Fernando Haddad (PT), Gabriel Chalita (PMDB), José Serra (PSDB), Levy Fidelix (PRTB), Paulinho da Força (PDT) e Soninha (PPS).

O formato do programa privilegia a interatividade e a participação dos eleitores - oito perguntas enviadas pelo YouTube vão ser respondidas pelos candidatos, no início do programa. Em seguida, serão questionados por jornalistas do Estado em Brasília e em Nova York via Hangout, ferramenta de videoconferência do Google+, e do estúdio da TV Cultura. Em outros dois blocos, os candidatos vão fazer perguntas entre si.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.