André Dusek/AE
André Dusek/AE

De volta das férias, Dilma se reúne com a ministra Gleisi Hoffmann

Tema da reunião foi a situação de Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo

Agência Estado

05 de janeiro de 2012 | 20h19

BRASÍLIA - Num encontro de cerca de uma hora com a presidente Dilma Rousseff, a ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, relatou providências que estão sendo tomadas para reduzir o impacto das enchentes em Estados como Minas e Rio de Janeiro. Ela falou também da crise provocada pela informação de que a maior parte da verba para a prevenção de tragédias foi enviada para Pernambuco, estado do ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra. Antes do encontro com Dilma, que retornou de férias, Gleisi teve uma reunião com Bezerra e com o ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos.

 

A presidente desembarcou na Base Aérea de Brasília por volta das 16h40, após dez dias de férias na Base Naval de Aratu, na Bahia. A previsão era que ela voltasse às atividades apenas no dia 9, mas o retorno ao Palácio do Planalto foi antecipado devido ao agravamento da situação da chuva e das enchentes em alguns Estados do Sudeste.

 

Dilma estava acompanhada de uma tia, da filha e do neto. Durante o período de férias, a presidenta sempre se manteve informada sobre a situação dos estados atingidos pelas enchentes, de acordo com sua assessoria. Na terça-feira, 3, ela telefonou para o governador de Minas Gerais, Antonio Anastasia, e ofereceu o apoio federal para enfrentar as enchentes no Estado.

 

Alguns ministros interromperam o descanso para cuidar diretamente do assunto. Na terça-feira, Gleisi Hoffmann voltou ao trabalho e no mesmo dia fez reuniões para definir medidas sobre as ações federais nos estados afetados pelas enchentes.

 

Nesta quarta-feira, 4, foi a vez do ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, antecipar o retorno a Brasília. Bezerra teve reuniões com Gleisi Hoffmann e nesta quinta-feira, 5, seguiu para o Rio de Janeiro a fim de acompanhar a situação das chuvas no estado. Nesta sexta-feira, 6, ele estará em Belo Horizonte para uma reunião com Anastasia. Com informações da Agência Brasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.