De maiô branco, Carla Bruni pula ondinhas na Bahia

Primeira dama surge pela primeira vez na praia, em ponto distante e pouco freqüentado, e brinca com filho

Jotabê Medeiros, Enviado especial para O Estado de S. Paulo

26 de dezembro de 2008 | 22h05

Nesses dias de sol escaldante no sul da Bahia, a musa da Praia de Itacarezinho, a primeira-dama e cantora Carla Bruni-Sarkozy, deu o ar de sua graça. Esta tarde, ela fugiu discretamente para um ponto da praia distante de todos os fotógrafos e desfilou pelas águas do Atlântico de maiô branco, acompanhada do filho pequeno, Aurèlian, de 7 anos. Apesar da discrição, Carla tem dado um show de elegância em todas as aparições públicas, com seus óculos, chapéus, cangas, vestidos e agasalhos de jogging.   Das 14h22 às 15h30, Carla Bruni pulou ondinhas e brincou com o filho, como uma boa mãe, nas águas de Itacarezinho, sem ser perturbada e sem seguranças no seu encalço. Sorriu e acenou para um veranista que a reconheceu. Os olhos azuis, de tão azuis, eram visíveis a 300 metros de distância, na areia. A primeira-dama francesa e seu marido, Nicolas Sarkozy, até agora não saíram do seu refúgio. Ontem, eram aguardados em Ilhues para uma visita pela manhã, mas não compareceram (consta que até o prefeito da cidade teria preparado uma festa para recebê-los, mas ficou a ver navios).

Tudo o que sabemos sobre:
carla brunisarkozybahiavisita

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.