Datafolha aponta vitória de Dilma no 1º turno

Primeiro levantamento dos candidatos à Presidência após início do programa eleitoral indica petista com 47%, tucano com 30%, e verde com 9%

estadão.com.br,

21 de agosto de 2010 | 03h49

SÃO PAULO - Se as eleições ocorressem hoje, a candidata à Presidência da República do PT, Dilma Rousseff, seria eleita já no primeiro turno. Ela dobrou a vantagem sobre o seu principal adversário, o candidato do PSDB, José Serra,aparecendo com 47%, diante de 30% de Serra, e 9% de Marina Silva (PV). Na pesquisa anterior, feita entre os dias 9 e 12, Dilma estava com 41% e Serra com 33%. A pesquisa Datafolha realizada em todo território nacional nesta sexta-feira, 20, ouviu 2.727 entrevistados. Sua margem de erro são de dois pontos porcentuais.    

 

Veja também:

video Assista à sabatina com Aloízio Mercadante promovida pelo 'Estado' 

video Assista à sabatina com Geraldo Alckmin promovida pelo 'Estado'

especialVeja por onde passaram os candidatos à Presidência no nosso mapa

documento Veja página especial de Dilma Rousseff

documento Veja página especial de José Serra

documento Veja página especial de Marina Silva

especialAcompanhe as propagandas na página especial do horário eleitoral  

documentoDilma evita 'salto alto' após disparar em pesquisa

 

 

A canditata do PV oscilou negativamente em relação à última pesquisa, na qual obteve um ponto a mais. Os outros candidatos não pontuaram. Os que votam em branco, nulo ou nenhum são 4% e os indecisos, 8%.

 

De acordo com a pesquisa, a candidata petista obteria 54% dos votos válidos, superando os 50% necessários para se eleger no primeiro turno.

 

Esta pesquisa é a primeira a ser divulgada logo depois do início do horário eleitoral gratuito. Dentre os entrevistados, 34% assistiu pelo menos uma vez o horário eleitoral. Dilma tem 53% e Serra, 29% das intenções de voto entre esses espectadores.

 

Tendo apostado na associação com o presidente Lula, com altos índices de aprovação, a petista cresceu e oscilou positivamente em todos os segmentos. A exceção foi o de maior renda, acima de dez salários mínimos. Neste último, Dilma manteve os 28% de intenção de voto do último levantamento. Mesmo assim, distância para Serra se reduziu, pois o tucano recuou de 44% para 41%.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.