Datafolha: Anastasia sobe e abre vantagem para Costa

Pesquisa do Datafolha para o governo de Minas Gerais divulgada hoje mostra o governador Antonio Anastasia (PSDB), candidato à reeleição, pela primeira vez à frente do pleito fora da margem de erro. Na sondagem encomendada pela TV Globo e pelo jornal Folha de S.Paulo, ele aparece com 42% das intenções de voto, contra 37% de Hélio Costa (PMDB), da base do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

MARCELO PORTELA, Agência Estado

23 de setembro de 2010 | 19h42

Anastasia, que tem no ex-governador Aécio Neves seu principal cabo eleitoral, oscilou dois pontos porcentuais para cima em relação à pesquisa anterior, quando tinha 40%. O peemedebista ficou estável em relação à última sondagem. Os candidatos José Fernando Aparecido (PV), Vanessa Portugal (PSTU), Edilson Nascimento (PTdoB) e Adilson Rosa (PCO) aparecem com 1% cada. Já os candidatos Professor Luiz Carlos (PSOL) e Fabinho (PCB) não atingiram 1%.

Anastasia também aparece à frente em um possível segundo turno contra Costa. Caso a eleição fosse hoje, ele teria 47% dos votos, contra 42% do adversário. Pela pesquisa, os indecisos são 13% do eleitorado e os que declararam voto em branco ou nulo, 4%.

O levantamento foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número 31.369/2010. O Datafolha ouviu 1.974 eleitores nos dias 21 e 22 de setembro. A margem de erro é de dois pontos porcentuais para mais ou para menos.

Senado

A pesquisa também analisou as candidaturas ao Senado. O ex-governador Aécio Neves aparece com 67% das intenções de voto, contra 71% do levantamento anterior. Em segundo lugar está o ex-presidente Itamar Franco (PPS), com 43%, três pontos a mais que na última pesquisa. O ex-prefeito de Belo Horizonte Fernando Pimentel aparece em seguida, estável, com 32%.

Zito Vieira (PCdoB) teve 3% da preferência do eleitorado. Marilda Ribeiro (PSOL), Miguel Martini (PHS) e Rafael Pimenta (PCB) tiveram 2% cada. Já os candidatos José João da Silva (PSTU) e Betão (PCO) aparecem com 1% das intenções de voto. Ainda, 37% dos eleitores afirmaram não saber em quem votarão, enquanto 11% disseram que votarão em branco ou nulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.