Dantas não aparece como dono do Opportunity

A Operação Satiagraha exibiu o alcance do sócio-fundador do Banco Opportunity, Daniel Dantas, nos mais diversos setores econômicos e no meio político, mas a possibilidade de ele vir a ser condenado pelo crime de lavagem de dinheiro e por operações irregulares cometidas pelo banco é cada vez mais remota. Dantas é apenas o dono da marca Opportunity, que ele cedeu a Dório Ferman, o verdadeiro controlador e gestor do banco e do Opportunity DTVM Ltda.Segundo uma fonte do setor financeiro afirmou ao Estado, está equivocado o foco da investigação para tentar impor um processo contra Dantas devido às suspeitas de operações de lavagem de dinheiro realizadas pelo Banco Opportunity.Até mesmo o processo administrativo que mantém o Opportunity sob vigilância do Banco Central (BC) não envolve diretamente Dantas. Ao final do processo, o BC poderá impor uma multa à instituição ou, como medida drástica possível, impedir as suas atividades financeiras, caso não haja mudanças nos seus procedimentos. Eventuais sanções recairão sobre Dório Ferman e sobre os outros administradores do banco e do Fundo Opportunity, mas não sobre Daniel Dantas. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.