Daniel Dantas chega para depor na CPI dos Grampos

O sócio-fundador do Grupo Opportunitty, Daniel Dantas, chegou no começo da tarde à sala de reunião da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga escutas telefônicas clandestinas. Ele vai depor na CPI do Grampos protegido por uma liminar do Supremo Tribunal Federal (STF) que o autoriza, expressamente, a fazer uso do direito constitucional de ficar calado durante a sessão. Dantas foi preso duas vezes pela Polícia Federal sob acusação de envolvimento em esquema de corrupção e lavagem de dinheiro e depois foi libertado duas vezes por decisão do STF.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.