DAC muda procedimentos de segurança no embarque

Passageiros de vôos domésticos terão de se apresentar nos aeroportos do País com antecedência de pelo menos duas horas, de acordo com nova determinação do Departamento de Aviação Civil (DAC), divulgada hoje. Os passageiros de vôos internacionais terão de chegar aos aeroportos com três horas de antecedência. De acordo com o DAC, o objetivo da solicitação é evitar "atrasos e transtornos durante o processo de embarque, em função da aplicação das medidas adicionais de segurança, que incluem a verificação de documentos e bagagens".De acordo com nota do DAC, o governo brasileiro adotou essas medidas para "prevenir possíveis atos ilícitos que venham a atentar contra a integridade do usuário do transporte aéreo, frente aos lamentáveis e dolorosos fatos ocorridos nos Estados Unidos, que atingem a todos os países da comunidade internacional".A inspeção periódica de áreas públicas (banheiros e cabines telefônicas) e a fiscalização de lixeiras, normas já adotadas em países desenvolvidos, são algumas das regras de segurança criadas pelo DAC em conseqüência dos atentados terroristas ocorridos no EUA. A segurança será reforçada nos terminais e em áreas internas dos aeroportos. Funcionários e prestadores de serviço receberão treinamento de segurança. Internamente, serão estabelecidos procedimentos para situações de emergência e comunicação será padronizada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.