Curso "Estado" divulga relação dos 30 aprovados

Selecionados entre 2.109 candidatos de todo o País, 30 jovens jornalistas brasileiros iniciam dia 2 de setembro o 13.º Curso Intensivo de Jornalismo Aplicado. Programa de extensão universitária realizado pelo Grupo Estado, com aval da Faculdade de Comunicação da Universidade de Navarra (Espanha), o curso irá até 6 de dezembro, reunindo alunos procedentes de Goiás, Minas, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo.Patrocinado pelo Credicard, Pharmacia, Philip Morris e Siemens, o curso deste ano teve uma proporção de 70 candidatos por vaga. Entre 2 de setembro e 6 de dezembro, os admitidos ao programa passarão por uma verdadeira maratona profissional, que inclui encontros com experientes jornalistas do Brasil e do exterior, aulas de economia, política, ética e filosofia e passagens por todas as áreas do Estado, em especial a redação. No fim do programa, passam a integrar o Banco Estado de Talentos, oferecido ao mercado em publicação e pela Internet (www.estadao.com.br/talentos).Aprovados - São os seguintes os jovens jornalistas classificados para o 13.º Curso Intensivo de Jornalismo Aplicado, e que devem se apresentar dia 2, às 9 horas, na sede do Estado, com prova de conclusão do curso de jornalismo ou matrícula em seu último semestre:Adriana Abrão, Adriana Corrêa Kuchler, Alessandra Gonzaga, Álvaro Jappe Camará Fagundes, Ana Beatriz Rodrigues Mansur, Ana Cláudia Carvalho Domingues, Bia Murano Del Picchia, Bruno Milanez Leuzinger, Denize Ramos Guedes, Edson Sardinha de Souza, Elaine Cristina Daffara, Elton Alisson de Moura, Fábio Ventura Martins, Fabrício Heleno de Castro, Gláucia Crema Noguera, Ingrid Damasceno Kebian, Jones Aparecido Rossi, Juliana Ribeiro Veronese, Leda Balbino Fonseca Silva, Liliane Gonçalves Bello, Marcelle Barreto Vieira Braga, Marcelo Luís Cabral Lourenço, Maria Cláudia Calaf Zucare, Mariele F. Prévidi, Marina Loiola Bessa, Renata Alves Martins, Thiago Guimarães, Vinícius Carlos Carvalho, Wagner Rodrigo Arratia Concha e Walter Henrique Nunes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.