Curitiba lança candidatura à sede do Fórum Social de 2009

A candidatura do Estado do Paraná para sediar a edição de 2009 do Fórum Social Mundial foi lançada nesta quinta-feira em Curitiba e recebeu o apoio do governador Roberto Requião. A proposta será apresentada pela União Nacional dos Estudantes (UNE) e União Brasileira de Estudantes Secundaristas (Ubes) à comissão organizadora do evento durante a realização de sua sétima edição, a partir do próximo dia 20, em Nairóbi, no Quênia, na África. "Esta candidatura representa a afinidade que o nosso governo tem com o Fórum. Tivemos quatro anos de ações governamentais em oposição aos modelos neoliberais. Teremos mais quatro anos perseguindo a idéia que a economia deve servir a sociedade e não contrária", diz Requião. Além da UNE e Ubes, outras 30 entidades já assinaram uma carta de apoio à candidatura de Curitiba, entre elas, a CUT, APP-Sindicato, União Paranaense de Estudantes (UPE), União das Entidades Ambientalistas do Paraná (Uneap), União Brasileira das Mulheres (UBM). Mais de 300 pessoas participaram do ato de lançamento da candidatura paranaense.

Agencia Estado,

11 Janeiro 2007 | 21h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.