Cúpula do Tribunal de Contas depõe à PF

A Polícia Federal vai ouvir hoje, na condição de investigada no inquérito da Operação Pasárgada, a cúpula do Tribunal de Contas do Estado: o presidente, Elmo Braz, o vice, Wanderley Ávila, e o corregedor Antônio Carlos Andrada. Os conselheiros têm o direito de ficar calados. A Operação Pasárgada investiga rombo de R$ 200 milhões causado por suposta fraude na liberação de verba do Fundo de Participação dos Municípios.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.