Andre Dusek/Estadão
Andre Dusek/Estadão

Cunha submeterá 'PEC da Bengala' aos líderes nesta terça

Proposta que eleva de 70 para 75 anos a idade da aposentadoria compulsória de ministros do STF será debatida por lideranças partidárias

Daiene Cardoso, O Estado de S. Paulo

09 Fevereiro 2015 | 18h37

Brasília - O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), disse que submeterá aos líderes partidários na próxima terça-feira, 10, a decisão de colocar em votação a PEC da Bengala. A Proposta de Emenda à Constituição eleva de 70 para 75 anos de idade a aposentadoria dos magistrados. Se aprovada, a presidente Dilma Rousseff pode ficar sem indicar quatro novos ministros para o Supremo Tribunal Federal (STF).

Segundo Cunha, o projeto foi trazido pelos líderes na reunião da semana passada. "Pode ser até que entre amanhã ou daqui há duas semanas. Vai depender um pouco do consenso dos líderes", explicou o presidente da Casa.

O peemedebista - que se reuniu nesta tarde com o presidente do Congresso, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), para discutir os procedimentos de apreciação de vetos presidenciais na primeira terça-feira após o Carnaval - foi questionado sobre a possível derrubada do veto da presidente Dilma Rousseff ao reajuste de 6,5% na tabela do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF). Cunha disse esperar que Dilma encaminhe prontamente a proposta com a correção de 4,5%. "Obviamente o encaminhamento facilitará, e muito, a manutenção do veto", avaliou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.