Cunha sofre derrota ao recorrer de multa no TSE

O ministro Caputo Bastos, do Tribunal Superior Eleitoral, negou seguimento ao recurso pelo qual o deputado João Paulo Cunha (PT-SP) contestava multa de R$ 8 mil por propaganda irregular na campanha de 2006. Ele usou cavaletes afixados em área pública de Barueri, prejudicando a passagem de pedestres e carros. Cabe recurso ao colegiado do TSE.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.